Andar de bicicleta

Andar de bicicleta é divertido, saudável e uma ótima maneira de ser independente. Mas é importante lembrar que bicicleta não é um brinquedo, é um veículo. 


Normalmente, as pessoas têm o primeiro contato com a bike na infância, e acabam levando para suas vidas aquela imagem lúdica da bicicleta, muitas vezes vendida em supermercados de uma forma despojada, como um brinquedo. Ao montarmos em uma, também alimentamos sentimentos de diversão, prazer e alegria. 


Porém, tais sentimentos não devem ofuscar a responsabilidade de encarar a bicicleta como um veículo – e o primeiro item para garantir a segurança sua e das pessoas ao seu redor é saber pedalar corretamente. 


Muitos acidentes, alguns sérios e traumáticos, ocorrem porque a pessoa negligencia a responsabilidade que deve ter ao montar na magrela. E ser responsável não significa que não haverá diversão ou prazer ao pedalar. 


Saber pedalar corretamente inclui ter domínio das seguintes habilidades:


>> Equilibrar-se em espaços estreitos, como entre duas outras bicicletas, duas árvores ou colunas. Teste: coloque objetos no chão, em uma fila e com intervalos de espaço entre eles de aproximadamente um metro, e tente pedalar em ziguezague.


>> Saber frear corretamente, usando o freio traseiro ou o dianteiro, ou ambos ao mesmo tempo.


>> Segurar corretamente no guidão.


>> Estar apto a trocar as marchas para ter um melhor desempenho na pedalada.


>> Saber transpor obstáculos, como lombadas, buracos e guias de calçadas.


>> Ser capaz de fazer curvas para ambos os lados, sendo a curva aberta ou fechada.


>> Conhecer as regras de trânsito da cidade.


>> Saber sinalizar com as mãos e os braços que vai, por exemplo, virar à esquerda.


>> Ter habilidade de tirar uma das mãos do guidão para fazer essas sinalizações.


>> Conseguir olhar (virando a cabeça) para os lados ou atrás, mantendo a direção.


Se você tiver dificuldades para realizar alguns desses pontos, é porque é hora de treinar bastante, seja sozinho ou por meio de cursos especializados.


Tenha em mente que quanto mais desenvolvidas forem essas habilidades, mais divertido serão as suas horas sobre a bicicleta. 


Com a bicicleta não se brinca, se diverte com responsabilidade!